To burguer, or not to burguer: that is the question

   Hoje decidi dedicar este post a um dos meus sítios favoritos no mundo e que, na minha opinião, é dos conceitos mais bem conseguidos de todo o sempre.

   Quem me conhece sabe que a comida não é dos meus maiores amores no mundos, e que também sou daquelas pessoas que não perde muito tempo a escolher o comer ou a saborear a comida. Mas, como qualquer outro ser vivo que tenha de se alimentar para sobreviver, quando como, gosto de comer bem.

   Uma das memórias que guardo mais preciosamente são as refeições em casa da minha avó. A minha avó, uma pessoa bastante proativa e com uma cultura geral gigante para a idade que tem, sempre me lembro dela na cozinha. Nunca conheci ninguém que cozinhasse tão bem como a Avó Luísa. A casa dos meus avós era o sitio onde, até o simples leite com chocolate, ganhava um gosto a limão e uma textura bem cremosa, nas tardes frias de inverno, passadas à braseira.

   Assim, hoje decidi falar de um dos meus espaços favoritos, a visitar em cada cidade por onde passo. Apesar de já ter tido o privilegio de visitar alguns, sem dúvida que o meu espaço favorito é o da cidade de Lisboa. Do que falo? Bem…

hard-rock-cafe-lisboa.jpg

   Localizado na Avenida da Liberdade, em direção ao Rossio, o Hard Rock Café Lisboa foi fundado a 12 de junho de 2003. O conceito deste espaço é a junção de “boa comida” com “entretenimento ainda melhor”, ou seja, a combinação de um tumblr_lybmscqvnt1rnr2fpo1_1280.jpgespaço totalmente dedicado à música, combinado com um restaurante onde a ementa é totalmente americana. Como todos os Hard Rock, o de Lisboa, sem excepção, partilha de duas secções, dentro do mesmo espaço: o restaurante/ café e a loja de recordações, The Rock Shop.

   O conceito Hard Rock Cafe International, Inc. foi fundado em 1971 por dois americanos, Issac Tigrett e Peter Morton, em Londres, casa do primeiro restaurante em Piccadilly. O objectivo era conseguir um restaurante onde o menu fosse essencialmente comida americana (apesar de adaptada ao país onde cada restaurante se encontra), onde as paredes se encontram cobertas de objectos de estrelas do mundo da música. Estes objectos vão desde guitarras, roupas ou até acessórios e por norma são doados à companhia pelo próprio artista. Actualmente existem certa de 191 restaurantes em 59 países. Devido ao sucesso do conceito, abriram ainda hotéis, Hard Rock Hotel (22) e casinos (11) com o mesmo conceito.

   O Hard Rock Café Lisboa é um espaço com 2 pisos e uma loja de lembranças. No primeiro piso podemos encontrar várias mesas, com um bar em toda a volta e com um palco onde se realizam concertos de música rock ao vivo. Há ainda um ecrã gigante, projetado na parede de fundo, onde passam videoclips de inúmeros artistas. O segundo piso é essencialmente composto por mesas de refeição, com uma varanda para o piso de baixo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

   A memorabilia (nome dado à coleção de objetos expostos na parede) acaba por “roubar” grande parte da atenção dos frequentadores da cadeia Hard Rock. No restaurante de Lisboa as paredes estão cobertas de recordações tanto de artistas internacionais, como The Police ou Bruce Springsteen, como de artistas nacionais, como Xutos& Pontapés ou Rui Veloso. Por norma estes objectos são doados pelos próprios artistas aos diferentes restaurantes.

   Apesar de estar aberto a todos os tipos de público, o restaurante é essencialmente frequentado por turistas, sendo que o tipo de preços praticados também não são acessíveis a todas as carteiras.

Hard Rock Cafe Lisboa, Avenida da Liberdade MenuHard Rock Cafe Lisboa, Avenida da Liberdade Menu

   Como já foi mencionado acima, a comida tem por base a tradição americana de fast food, sendo que também estão disponíveis saladas, comida mexicana ou até edições especiais para cada país.

   A comunicação do Hard Rock é bastante eficaz. Para além de estar presente em todas as redes, estas encontram-se na primeira pessoa, ou seja, a única coisa que é comum a todos os restaurantes é apenas o site. Cada restaurante tem a liberdade para criar as suas próprias páginas, correspondentes a cada país. Recorrente a uma linguagem informal (apesar de se encontrar sempre na terceira pessoa do singular), com metáforas e recurso a  #hastags, a manutenção de redes é feita todos os dias, com post actualizados e com referências a assuntos atuais. O Hard Rock Café Lisboa está presente em todas as redes, mantendo uma ligação bastante direta com os seus clientes. Evita responder a comentários depreciativos, embora estes não sejam apagados. Podemos confirmar que todas as dúvidas, em comentários, são esclarecidas. Em redes como o Google + ou o Facebook é possível, até, encontrar conteúdos de clientes em destaque, como fotografias ou uma critica a um concerto.

Youtube:
sjnpfg.PNG

O canal de Youtube do Hard Rock Café é bastante diversificado, com diários que acompanham as diferentes promoções, passando por vídeos de concertos ou até em diferentes cafés de todo o mundo.

 

 

Tumblr:

cbxvbcf.PNG

Inovador ao ponto de criar uma página de tumblr. Esta plataforma serve, essencialmente, para a partilha de fotografias e pequenos textos acerca da marca. Tem também uma pequena loja online, onde se pode comprar merchandising Hard Rock.

Pinterest:

hgcfgchvjbnk.PNG
O Hard Rock aproveita o Pinterest para a partilha de fotos, em álbuns, de eventos nos restaurantes, festivais, concertos, concursos ou até dos próprios fãs.

 

Google +:

sflkpgmobdbg.PNG

Apesar de estar presente nesta plataforma, o Hard Rock não faz uso dela desde Maio do ano passado. Até essa altura, é possível observar posts praticamente mensais, intercalados com comentários dos clientes e utilizadores.

Twitter:

çoilujyhsfcgvhbn.PNG

O Twitter é sem dúvida a plataforma que a empresa mais utiliza. Com tweets praticamente diários, o Hard Rock faz referência, não só a espectáculos que vão ocorrer no próprio restaurante, mas até às comemorações de dias especiais, como é o caso do tweet que podemos visualizar, acerca do dia mundial da terra, sempre com recurso a hastags o links que remetem para mais informação.

Instagram:

lkjhgfdx miob.PNG

Tratasse, sem discussão possível, da rede social mais diversificada da empresa (fora o Facebook). Devido a servir, essencialmente, para a partilha de fotos, o Hard Rock acaba por utilizar esta rede como um meio de divulgação de promoções, a mostra de alguns pratos, mini-videos dos concertos, merchandising ou até dos próprios clientes. Em alguns posts, como os de merch, têm o link na descrição, que remete para a loja online.

Facebook:

poiuy.PNG

A rede social que mais representa o espírito Hard Rock Café. Videos, fotos, comentários, partilha de artigos ou até concursos são exemplos daquilo que podemos encontrar a navegar por esta pagina, inclusive o anúncio à abertura do novo Hard Rock Café Porto, de modo a integrar a população portuense no espírito Hard Rock.

   Por último, algo que quero destacar é o espaço cliente, no site da marca. Esta benesse permite ao cliente, não só ter um espaço onde pode registar todas as suas compras e pedidos, como pode acumular pontos, que, mais tarde, poderá trocar por vales de desconto ou refeições grátis. Esta área cliente é também uma maneira de facilitar o processo de check in nos hotéis Hard Rock, visto que, na sua conta, o utilizador pode guardar todas as informações necessárias à realização do mesmo. Para além do seu perfil, o utilizador pode visitar o perfil dos seus amigos, tornando este espaço cliente numa mini “plataforma social”.

zcxbdfbd.PNG

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s